fbpx

O PROGRAMA DE EXERCÍCIOS PARA OS IDOSOS

 

O Programa de Exercício para os Idosos deve incluir atividades que melhorem a função cardiovascular, os níveis de força, a flexibilidade, a coordenação e o equilíbrio. Os exercícios específicos de força, flexibilidade e equilíbrio são fundamentais para que o idoso mantenha uma boa e aptidão física funcional.

Tendo como prioridade a prescrição dos seguintes exercícios:

– exercícios para força muscular;
– exercícios de equilíbrio;
– atividades aeróbicas;
– movimentos corporais totais;
– mudanças no estilo de vida.


A prescrição dos exercícios deve se basear nos princípios gerais de treinamento quanto a modo, intensidade, duração e frequência da atividade, respeitando características individuais, devido à diversidade nos níveis de saúde e aptidão física da população de idosos.


Os exercícios devem ser progressivos quanto à intensidade e complexidade, criativos e motivantes, de fácil execução e compreensão, devem proporcionar comunicação e integração social e ser diversificados (caminhada, natação, ginástica, musculação, jogos, dança, hidroginástica).
As sessões podem variar de 30 a 60 min, com intensidade entre 50 e 75% da frequência cardíaca máxima.

As diferentes partes da aula em grupo com características mais dinâmicas devem ser respeitadas, compondo-se de: aquecimento (de 10 a 15 min), parte específica (de 20 a 30 min), que deve incluir diversos exercícios como os aeróbicos, os de resistência, agilidade, coordenação, equilíbrio e flexibilidade e parte final (5 a 10 min), de relaxamento, que pode incluir exercícios de respiração, relaxamento e flexibilidade.


O material e a música escolhidos nas sessões tem um importante significado quanto à motivação nas aulas, pois potencializam a relação e a comunicação.

Devem servir como um suporte para alcançar os objetivos propostos nas aulas com um bom aproveitamento em relação aos exercícios escolhidos na sessão. (fonte: Vaisberg 2010)

Você Sabia que o Viajando pela Fisiologia tem um Curso PRESCRIÇÃO DO EXERCÍCIO PARA IDOSOS BASEADO EM EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS?  >> Clique aqui<<<

Texto produzido por  Fabio Ceschini

www.viajandopelafisiologia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *